Blog

Ano letivo do Maxi é encerrado com muito talento e descontração

Muito talento e descontração no encerramento do ano letivo do Colégio Maxi. Os alunos do 6º ao 9º ano tiveram uma manhã especial nesta sexta-feira (18), em que puderam mostrar seus dons artísticos e curtir uma festa especial para marcar o fim do período de aulas. A programação começou com um Show de Talentos, seguida de apresentação da banda Bom de Papo, num clima de muita irreverência, com direito a fantasia, picolé e pipoca.

De acordo com a coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental do Maxi, Gisele Barros, foi o primeiro Show de Talentos realizado pelo Colégio. Mas não foi a primeira vez que os alunos puderam mostrar os dons artísticos. Ela conta que a ideia surgiu depois que a direção identificou uma demanda durante os Festivais Culturais. No intervalo das apresentações teatrais, o palco é aberto a quem quiser mostrar seu talento, a fim de preencher o tempo de preparação entre um espetáculo e outro, e vários alunos se dispuseram a participar.

“Em vista do sucesso do Festival Cultural e do nível das apresentações nesses intervalos nós vimos que temos muitos alunos talentosos, com habilidade para cantar, tocar, dançar. Aí pensamos em encerrar o ano com um evento especificamente para isso, para o aluno mostrar essa habilidade que tem. Eles gostaram da ideia”, garante. Segundo ela, é interessante inclusive para que eles desenvolvam habilidades diferentes das que são trabalhadas em sala de aula. “É o momento de a gente fazer esse diferencial, agregar, aproximar mais o professor do aluno e o aluno se expressar, além da descontração, claro”.

Quem gostou muito da oportunidade foi Júlia Bouer Favaro, 13 anos, do 8º A, que mostrou suas habilidades como bailarina. Ela conta que aproveita todas as chances de apresentar-se, de revelar sua paixão pela dança. “Com três anos de idade comecei a fazer balé e até hoje não parei. É o que eu quero para o resto da minha vida. Quero entrar numa companhia e ser bailarina profissional”, projeta. Quanto ao Show de Talentos, ela só tem elogios: “acho super-legal porque as pessoas podem mostrar para a escola o que tem de melhor para oferecer. Mostra para as pessoas que todo mundo tem um talento”.

Já Arthur Gabriel Rossa Palma, 15 anos, do 9º B, aproveitou para mostrar um pouco de seu gosto musical, neste caso pelo rock brasileiro dos anos 1980. “Já tinha me apresentado, só que da primeira vez eu cantei Legião. Desta vez foi Cazuza (“Exagerado”) e Engenheiros do Hawaii (“Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones”)”, conta. Pela idade, ele evidentemente não viveu aquela época, mas é um apaixonado. “Já me falaram que eu nasci na geração errada. Se a gente pegar as músicas de hoje e comparar com as de antigamente não tem como. Hoje está feio”, critica. Se apresentaram também os alunos: Anna Karine (canto), do 6º B; Vivian Rodrigues (canto), do 6º B; e Nicole Macedo (canto), do 8º C.

Festa de encerramento

Após o Show de Talentos os alunos do 9º ano é que foram para a quadra para sua festa de encerramento do ano letivo. Para isso foi convidada a banda Bom de Papo, que tocou sucessos de várias épocas e estilos musicais. Os alunos aproveitaram a oportunidade para deixar o clima ainda mais descontraído, vestindo-se com fantasias ou de forma irreverente.

Pesquisar

Posts Populares

Assine nossa newsletter e receba as últimas novidades: